domingo, 6 de março de 2016

VALE DO RIO CLARO - CRISTA DE GALO




O Vale do Rio Claro é uma das regiões com o visual mais pré-histórico que poderemos conhecer na Chapada dos Guimarães. Gigantes paredões de arenito, cerrado preservado, veredas e trilhas com muita areia, mostrando as marcas de milhares e milhares de anos, numa beleza cênica inesquecível.
 

No Vale do Rio Claro, você encontra 3 trilhas principais que levam para as seguintes atrações: Poço Verde, Poço das Antas e a Crista do Galo. Ao todo são cerca de  8 km de trilha a pé e a duração varia de acordo com o tempo que você irá gastar em cada parada, mas, geralmente, as pessoas levam em torno de 4-6 horas. 



Viagem de pouco mais de 20 km passando ao lado dos milenares paredões de arenito da Chapada  e acesso às estradas de areia do Vale do Rio Claro. 



A Crista de Galo é uma formação rochosa interessante localizada no meio do Vale, possibilitando uma das visões mais bonitas dos paredões. Vista para a região do Morro do Castelo /Cabeceiras do Córrego Paciência. 



Contato com o cerrado e o lindo visual da Chapada, conhecendo árvores, arbustos, pequenas matas e campos de vereda típicos do local. É uma região composta por belos paredões de arenito e cerrado ainda preservado, além de possuir a nascente do Rio Claro com águas limpas e cristalinas, ideais para refrescantes banhos de rio.



O lugar com um visual pré-histórico possui trilhas (composta basicamente por areia), para caminhadas até pontos altos de visualização dos paredões, que permitem uma visão panorâmica do vale e de toda sua extensão.



Alguns dos atrativos encontrados no local é a Crista de Galo, uma formação rochosa localizada no centro do vale, que permite uma visão panorâmica da região.




Subindo as cabeceiras dos morros, há certos trechos onde a subida é íngreme. O passeio no Vale do Rio Claro dura em torno de 2h30 para ir e 2h30 para voltar (o tempo varia para mais ou para menos dependendo do condicionamento físico da pessoa).





De lá se avista as cabeceiras do Rio Claro, os mirantes da Cidade de Pedra e os imensos paredões de arenito que compõe o cenário da cidade, possibilitando assim, uma visão exuberante de Chapada dos Guimarães.

Poço das Antas

Poço Verde
Após descanso e contemplação, continua o passeio a caminho do Poço das Antas e Poço Verde, onde um refrescante banho de água cristalina está à espera de todos. No local é possível nadar e praticar flutuação contemplativa com máscara e snorkel.
 

Para ver uma panorâmica de 360º da Crista de Galo, clique no link:



DICAS PARA A TRILHA
1. Vá de tênis e leve o chinelo na mochila, pois tem muitas partes da trilha que você precisa colocar os pés na água e ir com o tênis molhado vai dificultar um pouco a sua caminhada;
2. São muitas horas de trilha, por isso leve bastante água e comida para reabastecer as energias;
3. Protetor solar e repelente são essenciais. A trilha é cheia de mosquitinhos e o sol pode castigar a sua pele.



GUIA DE TURISMO

 WhatsApp (65) 9697.1569 (vivo)
 


                        GRATO POR ACESSAR O BLOG ECO TRILHAS CHAPADA



Nenhum comentário:

Postar um comentário